segunda-feira, 26 de julho de 2010

Felipe Massa e Fernando Alonso !


Todos criticando o Felipe Massa pelo jogo de equipe da Ferrari na corrida de ontem. Eu também fui um grande critico do Rubinho quando ele deixou o Schumacher passar naquela corrida (da Áustria, se não me engano).
Mas há algum tempo eu entendi que não dá pra mais para encarar a F1 como um esporte. É um negócio. Desde então eu parei de acordar mais cedo no domingo para ver corrida.
Aquelas disputas acirradas (muitas vezes deslais e por isso saborosas) entre Senna e Prost dentro da mesma equipe ficaram no passado.
Então, para que não perca definitivamente a graça da brincadeira (que há tempos foi dominada pela tecnologia), prefiro entender a F1 como um time de futebol.
É como se na hora do gol, o Felipe Massa visse que o Fernando Alonso tinha mais chance de marcar e tocasse pro colega.
Prefiro ver o Massa como um meio-campista de qualidade, que deixou o colega na cara do gol e deu aquela assistência açucarada...

2 comentários:

  1. Concordo com vc, Sandro. Quanta desonestidade escancarada. Esporte? Tb acho que não é mais um esporte e sim um NEGÓCIO.
    abçs

    ResponderExcluir
  2. Realmente a F1 tornou-se um negócio há muitos anos, o Massa não pode reclamar, há 4 anos ele disputa o titulo com chances de ganhar e sempre tem alguem em quem por a culpa: mecânico, pneu, Allonso, Hamilton... Está na hora dele mostrar resultados na adversidade, pois é assim que se forma uma campeão, do contrário, vai virar um fóssil como o Rubinho.

    ResponderExcluir